Modelos Conceituais

modelos conceptuales

Compreendendo os diferentes paradigmas, abordagens e desenvolvendo novos conceitos

Esta seção está dedicada ao diálogo de saberes, reflexões e trocas sobre a diversidade de paradigmas, abordagens e modelos de saúde que apoiam e operam as propostas de intervenção, atenção em saúde, autocuidado e fortalecimento da saúde associadas às Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI).

Aqui você encontrará, por exemplo, as propostas de modelos de atenção e de fortalecimento da saúde surgidos nos países da Região das Américas.

Reflexões e Olhares Epistemológicos em MTCI
Seção destinada às reflexões existentes e em desenvolvimento com relação aos paradigmas em saúde e aos olhares epistemológicos a partir de diferentes enfoques dos modelos e das práticas em saúde em Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas.

Recursos Bibliográficos
Nesta seção encontrarás referencias bibliográficas de documentos, produtos de teses, projetos de graduação, artigos, e livros, que aportam reflexões sobre los paradigmas em saúde e contribuem para a criação de modelos de saúde integrativos.

Documentos modelos conceituais

Documentos sobre a historia da MTCI nas Américas

Grupos de pesquisa/Recursos Acadêmicos
Seção onde as instituições estão incluídas e grupos de pesquisa que oferecem espaços e recursos específicos orientados para reflexões sobre racionalidades médicas, paradigmas de saúde e perspectivas epistemológicas, que contribuem para o desenvolvimento de modelos e modelos conceituais em saúde que incluem Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas e práticas relacionadas.

Em breve, você encontrará links para grupos de pesquisa.

Modelos em Saúde Interculturais e Integrativos
Seção destinada a conhecer os modelos em saúde interculturais e includentes das MTCI, bem como as propostas complementares e integrativas em saúde, que promovem o autocuidado e o cuidado em saúde, bem como o fortalecimento da saúde, desenvolvidos pelas instituições, autoridades sanitárias e/ou comunidades de diferentes países da região das Américas.

Definições MTCI

Para a Europa, o projeto CAMBRELLA define:

“CAM, como utilizada pelos cidadãos europeus, representa uma variedade de diferentes sistemas medicos e terapias baseados em conhecimento, habilidades e práticas derivadas de teorias, filosofias e experiências usadas para manter e melhorar a saúde, bem como para prevenir, diagnosticar, aliviar ou tratar doenças físicas ou mentais. As terapias desse campo CAM são usadas principalmente fora do cuidado convencional em saúde mas em muitos países elas estão sendo adaptadas pelo cuidado convencional em saúde”.

Alguns elementos chave são características das abordagens CAM para a saúde. Eles incluem por exemplo:

  • Abordagem holística
  • Saúde como processo dinâmico ao invés de estático
  • Estímulo às forças de auto-cura
  • Tratamentos individualizados
  • Salutogênese
  • Relação terapêutica
  • Prevenção, autocuidado, educação em saúde, empoderamento dos pacientes

http://www.cam-europe.eu/.

  • Medicina Complementar (MC): é um amplo domínio de recursos terapêuticos que engloba todos os sistemas de saúde, modalidades e práticas e suas respectivas teorias e crenças diferente daquelas intrínsecas ao sistema de saúde politicamente dominante de uma determinada sociedade ou cultura, em um determinado período histórico.
  • Inclui todas as práticas e ideias definidas pelos seus usuários como preventivas ou terapêuticas ou ainda promotoras de saúde e bem estar. Os limites dentro da MC e entre essa e o sistema dominante não são rígidos ou definidos. (http://nicm.edu.au/).

Existem muitas definições sobre cuidados em saúde “integrativos” mas todas involvem trazer as abordagens convencionais e complementares juntas e de maneira coordenada. O uso de abordagens integrativas para a saúde e o bem estar cresceu muito nos EUA. Atualmente pesquisadores estão buscando explorer o benefício potencial de saúde integrative em uma grande variedade de situações, incluindo o manejo de dor nos militares e veteranos, alívio dos sintomas do cancer em pacientes e sobreviventes e em programas que visam promover comportamentos saudáveis. (https://nccih.nih.gov/).

Saúde e Medicina Integrativa
O campo da saúde e medicina integrativa reafirma a importância da relação entre o terapeuta e o paciente, a partir de uma compreensão global da pessoa e baseia-se em evidências, fazendo uso de todos os recursos apropriados e profissionais de saúde como meios para alcançar melhores condições de saúde. (https://www.aihm.org/).