Redes de Pesquisa

O pilar fundamental do modelo da Biblioteca de Saúde Virtual (BVS) é colaboração. No portal BVS Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativos (MTCI) convergem várias iniciativas, um dos quais é um consórcio de pesquisadores. Este espaço do portal busca ser um ponto de encontro para acadêmicos e pesquisadores da Região das Américas que trabalham em MTCI. Esta seção é gerenciada pelo Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa. O Consórcio, embora tenha surgido como uma iniciativa nacional, busca mobilizar pesquisadores dentro e fora das fronteiras brasileiras, e aspira ser a semente de uma rede regional de colaboração para pesquisa em MTCI.

Através de um convênio entre o Ministério da Saúde do Brasil e a BIREME/OPAS/OMS, uma série de ferramentas de tecnologia da informação para facilitar a colaboração, intercâmbio e o desenvolvimento de soluções informáticas para pesquisadores foram desenvolvidas, em especial os mapas de evidências. Espera-se que este espaço de colaboração, complementar ao espaço de Fortalecimento de Pesquisa dentro deste portal, contribua para melhorar a qualidade, quantidade e relevância da pesquisa em MTCI na Região das Américas, que possa contribuir para os modelos de serviços de saúde interculturais, integrados, que respondem às necessidades de indivíduos, famílias e comunidades.

Consórcio Acadêmico Brasileiro para Saúde Integrativa

Integra universidades do Brasil que desenvolvem pesquisas na área de PICS.

Seguindo as orientações da OMS para a construção de conhecimento qualificado e evidências científicas sobre as Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI), e a necessidade de integração nacional e internacional entre os grupos de pesquisa visando o desenvolvimento de um trabalho conjunto e sinérgico entre as universidades brasileiras, nasceu o Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa.

A reunião de criação do Consórcio aconteceu em outubro de 2017 no I Congresso Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde em Natal, com a presença de 25 pesquisadores de 19 universidades brasileiras. E, para facilitar as atividades de gestão do conhecimento e desenvolvimento de produtos e serviços do Consórcio, foi recomendado o desenvolvimento de uma plataforma integrada à BVS Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas nas Américas (BVS MTCI Américas).

O Consórcio Acadêmico Brasileiro para Saúde Integrativa integra universidades e pesquisadores brasileiros na área de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) e conta com o apoio do Ministério da Saúde do Brasil por meio de um projeto de cooperação com a participação da BIREME, e tem a perspectiva de ampliação para integrar pesquisadores dos outros países da América Latina e Caribe.

Acesse a página do Consórcio:

logo-azul-cabsin

Missão
Contribuir para a legitimidade científica, sustentabilidade e credibilidade da medicina e saúde integrativa e e suas práticas para o público em geral, profissionais de saúde e decisores políticos no país.

Objetivos

  • Contribuir para aumentar e qualificar a produção científica por meio de pesquisas científicas rigorosas, especialmente em relação à eficácia, custo-efetividade e segurança por meio de pesquisas colaborativas, e
  • Contribuir para aumentar a visibilidade e o acesso da evidência científica.

Produtos e Serviços

  • Comunicação, interação e intercâmbio entre pesquisadores;
  • Treinamento em metodologia de pesquisa em campo;
  • Diretório de pesquisadores e instituições de pesquisa;
  • Catálogo de projetos de pesquisa;
  • Mapeamento de publicações de pesquisas brasileiras, e registrá-las na Base de Dados MOSAICO;
  • Avaliação metodológica do nível de evidência de estudos;
  • Promover pesquisa colaborativa.